30 de Agosto: Dia Nacional de Conscientização sobre a Esclerose Múltipla

30 de Agosto: Dia Nacional de Conscientização sobre a Esclerose Múltipla

Esclerose múltipla é uma doença autoimune que afeta o cérebro, em que o sistema imunológico agride a bainha de mielina que recobre os neurônios, comprometendo a função do sistema nervoso. Isso acontece porque o sistema imunológico do corpo confunde células saudáveis com “intrusas”, e as ataca provocando lesões.

Então, o sistema imunológico do paciente deteriora a bainha protetora que cobre os nervos, conhecida como mielina. Esses danos à  bainha de mielina causam interferência na comunicação entre o cérebro, medula espinhal e outras áreas do sistema nervosa central.

Resultando na danificação nervos, um processo potencialmente irreversível. Ao longo do tempo, a degeneração da mielina provocada pela doença vai causando lesões no cérebro, que podem levar à atrofia ou perda de massa cerebral. Em geral, pacientes com esclerose múltipla apresentam perda de volume cerebral até cinco vezes mais rápida do que o normal.

Embora a causa da doença ainda seja desconhecida, a esclerose múltipla tem sido foco de muitos estudos no mundo todo, o que têm possibilitado uma constante e significativa evolução na qualidade de vida dos pacientes. Os pacientes são geralmente jovens, em especial mulheres de 20 a 40 anos. A ABEM (Associação Brasileira de Esclerose Múltipla) estima que atualmente 35 mil brasileiros tenham Esclerose Múltipla.

A Esclerose Múltipla não tem cura e pode se manifestar por diversos sintomas, como por exemplo: fadiga intensa, depressão, fraqueza muscular, alteração do equilíbrio da coordenação motora, dores articulares e disfunção intestinal e da bexiga.

Sintomas da Esclerose Múltipla

Quando a esclerose múltipla se inicia os sintomas são sutis, sendo transitórios, podendo ocorrer a qualquer momento, mas passam brevemente. Isso faz com que o paciente não dê atenção às primeiras manifestações da doença que é remitente-recorrente, ou seja, os sintomas vão e voltam independentemente do tratamento.

Esses sintomas inconstantes podem ocorrer em torno de dois ou três anos apresentando leves sintomas sensitivos, pequenas turvações da visão ou pequenas alterações. Porém, com o passar do tempo e a evolução da doença, aparecem sintomas sensitivos, motores e cerebelares de maior magnitude representados por fraqueza, entorpecimento ou formigamento nas pernas ou de um lado do corpo, diplopia (visão dupla) ou perda visual prolongada, desequilíbrio, tremor e descontrole dos esfíncteres.

Tratamentos e Cuidados da Esclerose Múltipla

Com os avanços da tecnologia e pesquisa sobre a doença, atualmente há diversos medicamentos que auxiliam no tratamento dos pacientes, como imunomoduladores e imunossupressores, incluindo as novas drogas orais e os anticorpos monoclonais, medicamentos mais eficazes, e em situações especiais indica-se o transplante autólogo de células tronco hematopoiéticas.

O objetivo é combater o surgimento de lesões no sistema nervoso central, a ocorrência de surtos, o acúmulo de sequelas e também a progressão das dificuldades neurológicas.

Porém é essencial o tratamento com uma equipe multidisciplinar, associado ao tratamento farmacológico especifico, deve-se acontecer a reabilitação global, abrangendo as suas necessidades, como: fisioterapia, fonoterapia, terapia ocupacional, neuro-psicologia e apoio psicológico.

Azimute: Suporte a Paciente com Doenças Crônicas

A Azimute Med oferece o Programa de Crônicos, todo o apoio e atendimento necessário à portadores de doenças crônicas. Acompanhamos cada caso de maneira individual e personalizada, disponibilizando maior acessibilidade a diagnósticos e tratamentos.

Doenças Crônicas acometem milhares de pessoas todos os anos e seu diagnóstico, assim como o tratamento, devem ser acompanhados por profissionais capacitados. A AzimuteMed conta com parceiros profissionais de saúde – educadores, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, assistentes sociais e educadores físicos – na orientação precisa a respeito de cada doença e seu respectivo tratamento.

A AzimuteMed está sempre antenada e buscando inovações tecnológicas na área de atendimento à saúde para melhor abordagem e acompanhamento ao paciente.

Juntamente com recursos de inteligência artificial, aplicativos interativos e materiais educativos, prezamos pela melhor experiência do usuário, o mantendo sempre atento ao tratamento, respondendo e orientando em casos de dúvidas, lembrando-o sobre os horários de seus medicamentos ou ainda como deve ser feito todo o processo de cuidados.

Programa de suporte ao paciente e diagnóstico
Programa de suporte ao paciente e diagnóstico
error: Conteúdo Protegido!