Em tempos de COVID-19, como prevenir doenças respiratórias?

Em tempos de COVID-19, como prevenir doenças respiratórias?

O aumento de doenças do trato respiratório em meio oscilações climáticas do outono e inverno, como tempo seco e baixa umidade relativa do ar, contribuem para o aumento de alergias. A imunidade do organismo sofre alterações que podem acarretar aparecimento de doenças como asma, bronquite, rinite e sinusite, que são comuns neste período do ano.

Os níveis de poluentes no inverno podem irritar as vias respiratórias. O ar mais frio da estação pode incomodar as vias aéreas e trazer sintomas como a falta de ar e coriza. O aumento da circulação do vírus da gripe e resfriado também estão ligados às novas condições de temperatura da estação.

A piora no sistema respiratório pode ocorrer quando o ar está mais frio e seco. Com isso, a redução de muco eliminado pelas glândulas das vias aéreas fica bem menor e o transporte desse muco fica comprometido, deixando de levar enzimas e anticorpos protetores, então as doenças respiratórias podem se proliferar com maior facilidade.

Em tempos da pandemia do COVID-19 onde a preocupação com a saúde respiratória está tomando níveis cada vez mais elevados, as precauções devem ser redobradas. Tanto para a prevenção da proliferação do vírus, quanto nos cuidados da resistência durante o outono e inverno.

Algumas medidas simples podem ser adotadas para evitar a proliferação dessas doenças.

Dicas úteis para fugir das doenças respiratórias nesse inverno:

  •   Mantenha o organismo hidratado;
  •   Evite fumar ou se expor a ambientes com muita poeira, ou fumaça;
  •   Mantenha o ambiente arejado. As bactérias ficam concentradas em ambientes fechados, por isso é importante evitar locais fechados;
  •   Evite o contato com pessoas gripadas ou com resfriados, pois essas doenças são adquiridas pelo ar;
  •   Mantenha a respiração sempre pelo nariz e não pela boca, pois as narinas têm a função de filtrar o ar e aquecê-lo;
  •   Lençóis, edredons e roupas devem ser expostos ao sol e lavados sempre que necessário (as pessoas que já possuem problemas respiratórios como bronquite, asma e sinusite devem evitar o contato com bichos de pelúcia, tapetes e produtos que possuam pelos);
  •   A alimentação deve ser balanceada com sopas e caldos ricos em verduras e legumes. As frutas são essenciais, principalmente aquelas que contêm vitamina C, como a laranja, elas ajudam a prevenir gripes e resfriados.

Além disso, some os cuidados acima, aos cuidados de prevenção ao COVID-19

MÃOS: Lavar frequentemente

COTOVELO: Usar para cobrir a tosse

ROSTO: Não tocar

ESPAÇO: Manter a distância segura

CASA: Não sair, se possível

Você pode encontrar mais informações sobre o COVID-19 aqui.

https://azimute.med.br/saude-mental-covid-19/

 

Fontes:  

Site do Ministério da Saúde: https://coronavirus.saude.gov.br/

https://www.hcor.com.br/imprensa/noticias/doencas-respiratorias-de-inverno/

https://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/mudanca-de-clima-contribui-para-surgimento-de-doencas-respiratorias.ghtml

http://www.qnoticia.com.br/post/mudancas-bruscas-de-temperatura-afetam-o-sistema-respiratorio/148/

Deixe um Comentário:

Your email address will not be published.