Cuidado centrado na experiência do paciente

Cuidado centrado na experiência do paciente

Um olhar cada vez mais humanizado! 

Nosso foco principal em 2021 é o cuidado centrado na experiência do paciente e este cuidado envolve tudo e todos que tenham alguma relação com a jornada de tratamento. Isso envolve um olhar mais personalizado, humanizado, mudanças culturais e um pensamento focado na expectativa individual de cada atendimento. Além disso, precisamos olhar outros grupos, como: os colaboradores, familiares, cuidadores, médicos, clientes, fornecedores e todos que participam direta ou indiretamente da vida do paciente.

Com este foco, ainda em março implementaremos o escritório de experiência do paciente, que contará com uma liderança própria e um comitê que possui representatividade de todas as áreas da Azimute, bem como, de forma pontual, de pacientes, clientes, médicos, profissionais da saúde que estão no dia a dia do cuidado, cuidadores, associações e demais players desde universo fascinante que é o cuidado centrado.

E qual o motivo de tudo isso?

O motivo é implementar as melhores práticas nacionais e internacionais para aperfeiçoar a gestão em prol do próximo e compartilhar com vocês a importância de olhar para as pessoas de maneira única, humanizada e focada nos sentimentos do outro, que pode ser um colaborador, um paciente, um cuidador ou um profissional da saúde. A partir de capacitações das lideranças e trocas de experiências com instituições internacionais que nos inspiram e orientam, como The Beryl Institute, Cleveland Clinic, Plantree, dentre outras, queremos entender, de forma técnica e empática, quais são as reais necessidades dos pacientes e familiares que atendemos em nossos programas, afinal o cuidado com amor e empatia é o nosso negócio.

Ouvi uma frase que diz assim: “o médico sabe exatamente o trajeto que o paciente seguirá quando ele entrar ‘no rio’ do tratamento de uma determinada doença, mas somente o paciente entrará neste ‘rio’, ou seja, somente, o paciente, terá todas as sensações, angústias e dificuldades. Por isso, como empresa centrada no paciente, temos o desafio e o objetivo de entrar neste ano junto do paciente neste ‘rio’ da experiência”.

Elaborado por Sylvia Campos – Diretora de Operações e Projetos | Azimute Med